Coronavírus causa a morte da ex-prefeita de Itabaiana, Dona Dida

A ex-prefeita de Itabaiana, Eurídice Moreira da Silva, mais conhecida como Dona Dida, de 81 anos, morreu na madrugada de hoje no Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, onde estava internada a cerca de 50 dias. Ela sofria de problemas respiratórios desde a infância e durante esta internação chegou a ser levada para a UTI três vezes, tendo sido entubada. Dona Dida submeteu-se ao teste do Covid-19 que havia dado negativo, mas na semana passada testou positivo para o novo coronavírus.

O sepultamento da ex-prefeita acontecerá na manhã de hoje no Cemitério Parque das Acácias no José Américo em cerimônia restrita a parentes e amigos mais próximos.

Em Itabaiana, faixas pretas estão sendo colocadas nas portas dos admiradores da ex-prefeita que administrou a cidade em duas gestões.

Pesar

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) lamentou a morte de Dona Dida. Wilson Santiago foi deputado estadual com Dona Dida na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Dona Dida integrou o PTB e era um quadro histórico do partido na Paraíba.

“Neste momento dor e tristeza, Wilson manifesta solidariedade aos familiares, amigos e a população de Itabaiana e do Vale do Paraíba”, diz nota divulgada pelo parlamentar.

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) também lamentou a morte da ex-deputada estadual e ex-prefeita do município de Itabaiana, Eurídice Moreira,

“Lamentamos a morte dessa mulher forte que contribuiu diretamente para o municipalismo na Paraíba quando foi prefeita e também deputada. Sua vida pública foi pautada pela defesa da população e o desenvolvimento da sua região polarizada pelo município de Itabaiana. A Paraíba perde um grande quadro político. Deixamos o nosso mais profundo pesar à família e aos amigos de Dona Dida”, destacou George Coelho, presidente da Famup.

1 comentário

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.