Contas do PRB e PPS são reprovadas por unanimidade

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) desaprovou por unanimidade, na sessão ordinária de hoje, as prestações de contas do Partido Republicano Brasileiro (PRB) e do Partido Popular Socialista (PPS).

As contas do primeiro partido, PRB, foram desaprovadas devido à ausência de confiabilidade e de consistência. Segundo o relator, juiz Carlos Neves da Franca Neto, a falha não se caracteriza como grave, sendo aplicada suspensão de um mês das cotas do fundo partidário.

As contas do PPS, por sua vez, foram desaprovadas devido a recurso de fontes não identificadas, no valor de R$23.980. O partido teve o acesso às cotas do fundo partidário suspenso por 3 meses.

Contas aprovadas – A Corte do TRE aprovou as contas de Carlos Dunga (PTB), Luciano Cartaxo (PT), Lindolfo Pires (DEM) e Luiz Couto (PT). As prestações de contas foram julgadas em bloco e aprovadas por unanimidade.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.