Conselheiros tutelares acusados de extorsão são afastados

O Conselho Municipal da Criança e do Adolescente em Bayeux (CMDCA), em reunião realizada nesta sexta-feira (06), deliberou pela suspensão imediata dos dois conselheiros tutelares acusados de extorsão ao vereador Nino do PT. Tony Cultura e Jarbas Coelho foram punidos pela entidade.

 
Segundo David Coelho, presidente do CMDCA, foi instaurada uma comissão administrativa formada por Gilberto Silva, Solange Gomes da Silva e Margareth Galvão que terá o prazo de 30 dias para apurar as denúncias e elaborar um relatório com parecer pela suspensão, advertência e cassação dos mandatos dos conselheiros.
 
David disse ainda que os dois conselheiros estão suspensos das atividades até que o conselho da criança conclua o relatório e tome a medida cabível.
 
Na segunda-feira (09) assumem as vagas dos dois conselheiros os suplentes Ednaldo Cirilo e Patrícia Kely. Eles ficarão no cargo até que o processo contra Tony e Jarbas seja finalizado. Os mandatos dos conselheiros tutelares encerram-se no dia 30 de julho.
 
O Ministério Público também poderá cassar os mandatos dos conselheiros tutelares. Tony e Jarbas continuam presos na Cadeia Pública de Bayeux. Os advogados entraram com pedido de habeas corpus, mas a justiça negou.
 

Bayeux em Foco
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.