Conselheiro tutelar é preso acusado de extorquir vereador em Bayeux

O conselheiro tutelar de Bayeux, Tony Cultura (PSOL), pré-candidato a prefeito, foi preso no início da noite desta quarta-feira, 4, por policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar acusado de extorsão contra o vereador José João do Nascimento, o Nino.

Segundo o Major Lucas, o conselheiro vinha extorquindo o parlamentar cobrando a quantia de R$ 6 mil reais para não denunciar Nino que mantém um relacionamento com uma jovem de 15 anos com o consentimento da família.

A prisão em flagrante aconteceu na casa do vereador quando o conselheiro estava recebendo o dinheiro.

O conselheiro Jarbas Coelho, pré-candidato a vereador, também está preso acusado de participar da extorsão ao vereador, segundo o presidente do CMDCA, Davi Coelho, que vai pedir a cassação do mandato dos dois conselheiros.

O fato caiu como uma bomba em Bayeux.


Bayeux em Foco

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.