Confusão entre testemunha de Batinga e advogado de Edna acaba na PF

O estudante Rodrigo Leal de Lima procurou a Polícia Federal  de Campina Grande na última segunda-feira, 9, para prestar queixa contra o advogado Carlos André, representante jurídico da prefeita de Monteiro, Edna Henrique (DEM). Ele denunciou ter sido coagido pelo advogado, que o teria ameaçado de processo caso o estudante continuasse deposto a depor contra a gestora em um processo que a acusa de crime eleitoral e pede a cassação de seu mandato.

Segundo o relato feito ao delagado Gustavo Vieira de Castro, ele teria sido chamado por um cidadão chamado Simorion para uma conversa em sua casa. Na residência, o advogado Carlos José foi chamado para participar do diálogo. Rodrigo, ao ver a chegada do advogado, teria iniciado a gravação da conversa em seu telefone celular. Em seguida, segundo ele, Carlos José teria prometido processá-lo caso o estudante se dispussesse a prestar depoimento na Ação de Investigação Judicial (Aije) impetrada pelo deputado estadual Carlos Batinga (PSC) contra a gestora.

Rodrigo declarou ainda, que, Carlos teria percebido a gravação da conversa e teria iniciado uma briga corporal para tomar o aparelho e impedir que ele divulgasse o conteúdo do diálogo. O telefone teria ficado em poder de um terceiro, identificado apenas como "Nen", incumbido por Carlos André de quebrar o cartão de memória e eliminar a gravação. Saindo da casa de Simorion, Rodrigo procurou um advogado e foi instruído a relatar o que tinha acontecido à juíza da comarca, Vanessa Andrade Dantas Liberalino da Nóbrega. De lá, ele seguiu para Campina Grande para prestar queixa na Polícia Federal.

O estudante Rodrigo Lima é testemunha no processo que pede a cassação de Edna Henrique porque disse ter visto a prefeita no Clube de Mães de Monteiro no dia 21 de julho. Naquele dia e local, houve a entrega de cheques moradia. Por causa disso, Edna foi acusada de crime eleitoral e teve impetrada contra si uma Aije impetrada pelo deputado Carlos Batinga. Ele alega que a entidade tem Edna como presidente de honra e fundadora. À época, ela era candidata a prefeita de Monteiro pelo PSDB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.