Confusão em UPA envolvendo paciente termina com médico mordido no pescoço

Uma confusão envolvendo um médico, um paciente e funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, acabou virando caso de polícia. Na confusão o médico teria sido, inclusive, mordido no pescoço pelo paciente.

O paciente chegou a unidade, já agitado, com suspeita de infarto, e ao ser encaminhado e medicado, teria arrancar o soro com os dentes e ainda tentou agredir uma enfermeira.

Segundo a administração da UPA, foi quando a confusão aumentou. O médico tentou impedir a agressão do paciente contra a enfermeira e foi mordido no pescoço.

A Guarda Civil Municipal e a polícia foram solicitadas para conter o tumulto. A Guarda Municipal informou que o paciente alegou aos agentes da guarda que também teria sido agredido pelo médico.

Todos os envolvidos, paciente e médico, foram até a Central de Polícia prestar esclarecimentos e foram liberados depois.

Comentários