Condenado pela morte de Itó é assassinado no Altiplano

Condenado pela morte do ex-prefeito de Santa Luzia, Itó Morais, Edmilson Paredes Morais, mais conhecido como "Ninão" foi assassinado no início da manhã do último sábado, 15, depois de sair do presídio de Segurança Média Hitler Cantalice, em Mangabeira, onde cumpria pena no regime semiaberto. Ele pilotava uma motocicleta Fan preta quando foi perseguido por um veículo no qual estavam três homens. Na altura do condomínio Vila Real, na rua João Cirilo, no Altiplano Cabo Branco, Ninão foi atingido por três tiros nas costas e morreu.

Os desconhecidos teriam iniciado a perseguição logo que Ninão deixou o presídio, para onde deveria retornar por volta das 18h do sábado.

O veículo usado pelos assassinos de Ninão não foi identificado.

Edmilson Paredes foi condenado por participação na morte do ex-prefeito de Santa Luzia, Itó Morais, ocorrido em 27 de maio de 2002. Além disso, houve uma queixa prestada na 10ª delegacia distrital dando conta de quem um homem do porte de Ninão e usando uma motocicleta preta teria cometido um assalto na noite de sexta-feira.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.