Comoção marca cortejo de vítimas do acidente com van em Minas Gerais

Muitos cidadãos patoenses foram às ruas para ver hoje de manhã a passagem do carro do Corpo de Bombeiros levando os caixões com os 11 mortos vítimas de um acidente automobilístico em Minas Gerais no último dia 28. Os paraibanos seguiam em uma van que perdeu o controle, invadiu a pista contrária e colidiu com um ônibus da viação Saturno entre as cidades de Ipatinga e Governador Valadares, em Minas Gerais.

Das onze pessoas mortas no acidente, cinco eram de uma mesma família e viajavam com destino a São Paulo. As vítimas são de Maturéia e Teixeira.

Os carros do Corpo de Bombeiros e funerárias, com batedores da Polícia Militar, fizeram o translado do Aeroporto Brigadeiro Firmino Ayres, em Patos, onde os corpos chegaram em avião das forças armadas para os municípios de Teixeira e Maturéia, local de sepultamento dos mortos.

O enterro, atendendo à recomendação dos Bombeiros se deu sem velório. Os corpos foram sepultados assim que chegaram às cidades de destino. Em Matureia foram enterrados Gláuria Pedrosa da Gama e Ivanildo da Silva Felinto. Já Damara Soares da Silva, Wallya Camila Soares da Silva, Luciana Nunes Marçal, Maria Dalva Pereira Araújo, José Odiran Costa Monteiro, José Odivan Costa Monteiro, Cidraque dos Santos Rosa, Marly Cavalcante da Silva e Elias Alves Monteiro foram enterrados no cemitério Manoel Guimarães, em Teixeira.

O acidente – A causa do acidente ainda não foi revelada, mas o Corpo de Bombeiros informou que pelo relato de testemunhas, o motorista da van onde estavam os paraibanos teria feito uma ultrapassagem indevida. A tragédia se deu no final da manhã de quarta-feira, 28, quando chovia muito em Minas Gerais.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.