Comitê financeiro do PSOL tem contas rejeitadas pelo TRE

As contas do comitê financeiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) na Paraíba referentes ao ano de 2010 foram rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba na tarde desta terça-feira, 20. De acordo com o relator do processo, o juiz Miguel de Britto Lyra Filho as contas do partido, sob responsabilidade de Avenzoar Arruda, estavam com problemas sérios e não mereciam a aprovação muito menos a aceitação do Tribunal.
 
Segundo o juiz, O PSOL não notificou despesas com combustível, carro de som usado em campanha e propaganda. Houve ainda omissão de um cheque de valor não informado. Para Miguel de Britto Lyra, as irregularidades não podem ser sanadas e por isso não acatou as contas do partido. “As irregularidades são insanáveis, a defesa foi vazia, nesse caso eu não considero as contas apresentadas”.
 
Os juízes acataram a decisão do juiz e por unanimidade rejeitaram as contas do PSOL.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.