Comitê da Transposição pede R$ 15 mil a Maranhão para manter atividades

O secretário do Comitê Estadual de Defesa do Projeto de Integração das Bacias do Rio São Francisco, Chico Lopes, protocolou ontem um ofício solicitando uma audiência com o governador do Estado, José Maranhão (PMDB). O documento, assinado por Chico e pelo presidente do comitê, Dom Aldo di Cillo Pagotto, cita uma série de ajudas que ambos gostariam de obter do Governo para continuar o trabalho iniciado na Paraíba no ano passado. Em resumo, o repasse desejado pelo comitê é da ordem de R$ 15 mil mensais. Além da verba, outros itens são solicitados, a título de apoio logístico.

No ofício, ao qual o Parlamentopb teve acesso, constam o pedido de um local para funcionamento do comitê, com telefone, computadores com acesso à internet e fax, além de funcionário e combustível. Ainda é pedido o apoio para a realização de uma segunda caravana para verificar o andamento da obra e suporte para elaboração de uma revista e de um DVD de registro da viagem.

"Nós contamos com outros apoios, até agora, mas sem essa ajuda do Governo vai ficar difícil manter esse trabalho. Já passamos da fase de defender a obra e divulgar seus benefícios. Agora, queremos verificar como a água vinda do São Francisco vai ser usada para gerar riqueza e desenvolvimento na Paraíba", disse Chico Lopes, salientando que a Federação dos Municípios da Paraíba, Famup, tem sido uma das principais parceiras do comitê, junto com a Assembleia Legislativa.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.