Comissão aprova Projeto que autoriza a criação do IFET em Piancó

A Comissão de Educação do Senado aprovou o Projeto de Lei (PLS 381/09), de autoria do senador Cícero Lucena (PSDB-PB), que autoriza o Poder Executivo criar o Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, no município de Piancó. O Projeto segue para Câmara dos Deputados.
 
Em sua justificativa, o senador da Paraíba ressalta a solicitação conjunta dos 20 prefeitos da região do Vale do Piancó. “Os gestores apresentaram a preocupação com fato de que, a região é a única da Paraíba totalmente desprovida de qualquer instituição que garanta acesso à educação continuada, profissionalizante, ou de curso superior aos usuários do serviço público de educação”, defendeu o parlamentar.
 
Para o senador Cícero Lucena, a implantação do IFET em Piancó representa uma conquista histórica para região. “Essa será uma conquista de todos, que contarão com uma instituição Federal capaz de viabilizar a formação profissional e tecnológica em todos os seus níveis, garantindo ao aluno desde a formação inicial e continuada, técnico de nível médio, graduação e até pós-graduação”, sustentou o senador.
 
Outro ponto fundamental da solicitação apresentada pelos prefeitos e acrescentada no Projeto aprovado na Comissão de Educação refere-se ao total apoio da prefeitura de Piancó. “A prefeita Flávia Galdino já autorizou a doação de um terreno, formalizada em escritura pública, destinado exclusivamente à construção do Campus do IFET”, explicou Cícero.
 
Além de Piancó, o senador da Paraíba já apresentou os Projetos que autorizam a União criar os Institutos Federais de Educação Superior em Monteiro, Catolé do Rocha, Itabaiana, Santa Rita, Guarabira, Patos e Sousa. “Nossa ação parlamentar está voltada para a melhoria da qualidade de vida dos que mais precisam. O acesso a educação de qualidade é o primeiro passo para a construção de uma sociedade mais justa”, finalizou o senador.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.