Comerciante presta queixa contra João Almeida por invasão e ameaça

O comerciante Melquíades Nascimento, dono de uma rede de lojas de material fotográfico na Paraíba, denunciou hoje à tarde ao Parlamentopb uma série de atos violentos que teriam sido praticados pelo vereador pessoense João Almeida (PMDB). Segundo ele, João teria invadido sua fazenda, no município de Mulungu, no último dia 7, armado, para cobrar o pagamento de um veículo comprado pelo filho de Melquíades. Como o automóvel não se encontrava no local, ele, armado, teria ameaçado o rapaz.

– Acho que ele não tem as condições psicológicas normais. Ele queria falar com meu filho à força porque teria feito um negócio com um veículo que ainda estava pendente e estava acompanhado de seis capangas. Eles invadiram minha fazenda de arma em punho, disseram que se encontrassem meu filho, iam bater e iam mata-lo. Estamos representando o vereador junto à delegacia em Mulungu e vamos ver o que vai acontecer.

O caso não parou por aí. Ainda de acordo com Melquíades, seu filho veio prestar queixa contra João Almeida na 9ª delegacia distrital, e foi surpreendido com a chegada do vereador à sala do delegado:

– Meu filho foi prestar depoimento a respeito desse caso e, mais uma vez, ele invadiu a sala do delegado ameaçando novamente e querendo briga corporal. Meu cunhado, advogado do meu filho, não aceitou a situação e foi uma discussão muito grande. Quase acontece um problema mais sério. Tivemos que sair do local e, já no final, estávamos saindo e ele foi para o meu lado, puxou a porta do meu veículo e disse que ia me pegar porque eu não ia para a lua. Eu sou comerciante em João Pessoa e não tenho como me esconder. Eu sou pai do rapaz que fez negócio com ele e fui ameaçado porque também não concordei com a atitude que ele teve.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.