Comandante da PM diz que greve é inconstitucional

O comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, o coronel Euler Chaves disse hoje que o esquema de segurança está organizado e que todo o estado será assistido pelos policiais durante as festividades de folia de rua e carnaval. Segundo o coronel, apesar da greve ser inconstitucional, os policiais estão inseridos em um regime democrático e se decidirem fazer greve, precisarão responder e assumir a responsabilidade pelas possíveis conseqüências.

– Nós somos militares e a constituição federal nos remete a impossibilidade de fazer greve, então estabelecendo esse limite legal essa hipótese que vem existindo é uma decisão individual das pessoas. A instituição em si não pode ser caracterizada como grevista, se pessoas individualmente tomam suas decisões, e nós não estamos dentro das pessoas, elas fazem as suas escolhas, então que assumam suas responsabilidades e conseqüências legais. Estamos em um regime de estado de direito democrático então é preciso se ver o grau de responsabilidade pública para com um problema sério e estabelecer as leituras dos cenários. O governo está atento, o comando esta atento, a secretaria está atenta e creio que o bom senso das pessoas que fazem parte da polícia, pessoas de bem, haverão de ter a consciência cívica de respeito aos homens e mulheres, crianças e adolescentes, idosos e jovens da sociedade  e não promover algo dessa ordem em um momento difícil que o estado está vivendo.

A Polícia Militar vai empregar um efetivo de 4.513 homens, 200 viaturas, 100 motos para patrulhamento, 40 cavalos e cães e 200 estações móveis de comunicação.  Só nas prévias carnavalescas serão três mil policiais trabalhando. Os Bombeiros Militares vão disponibilizar 1.632 homens, com serviço de guarda-vidas, busca e salvamento e combate a incêndios. Para as prévias serão 188 policiais, além de viaturas e bote inflável. 

Já a Polícia Civil contará com um efetivo de 968 homens, entre delegados, agentes e escrivães. Ao todo, serão usadas 115 viaturas, além de duas delegacias móveis. Do Instituto de Polícia Científica serão 30 peritos, 11 viaturas e oito rabecões para atender as demandas em todo o Estado. Só para as prévias estão escalados 143 policiais civis. “É um grande esforço de todos os órgãos operacionais para que o Estado tenha um grande nível de segurança durante os eventos de Carnaval”, frisou o secretário executivo Raimundo José Araújo Silvany.

Em João Pessoa, os blocos com maior concentração de público vão contar com um efetivo diferenciado. Nas Virgens de Tambaú, com público estimado em 200 mil pessoas, serão empregados 489 homens da Polícia Militar e 16 postos de observação em todo percurso. “Dessa forma, os militares terão uma visão melhor do que está ocorrendo”, explicou o secretário executivo.
 
Serão 26 viaturas que estarão posicionadas em pontos estratégicos de acesso a Avenida Epitácio Pessoa. Serão empregadas 18 motos, cães e a cavalaria, bem como estações móveis de comunicação. A polícia vai contar, ainda, com mais um aparato de segurança. Seis câmeras instaladas ao longo do percurso serão monitoradas pela polícia. “Qualquer distúrbio, qualquer problema, a Polícia Militar será acionada imediatamente, com a visão panorâmica, esse é o diferencial desse Carnaval”, ressaltou o secretário executivo.

Durante o bloco Muriçocas do Miramar serão disponibilizados 655 policiais militares, 89 bombeiros militares e 62 policiais civis. A Ouvidoria e Corregedoria estarão funcionando em plantão de 24h pelo número 0800 281 9010. O Disque Denúncia pelo número 197 continua disponível à população 24h.

Funcionamento das Delegacias – Durante o desfile dos blocos Muriçocas e Virgens de Tambaú, a 3ª Delegacia Distrital, na Epitácio Pessoa e a 10ª Delegacia Distrital, em Tambaú vão funcionar em regime de plantão extraordinário e uma delegacia móvel será instalada na concentração de cada bloco.

A Assessoria de Imprensa da Seds também vai funcionar em regime de plantão durante os dois maiores blocos. Um stand será instalado ao lado dos postos de comando integrado das polícias e bombeiros, em frente ao supermercado Pão de Açúcar, na Epitácio Pessoa, para atender à imprensa.

Durante os desfiles dos blocos Picolé de Manga e Cafuçu haverá plantão na 2ª Delegacia Distrital, no Centro. Para o desfile das escolas de samba do Carnaval Tradição, na Avenida Duarte da Silveira, haverá reforço no plantão da 1ª Delegacia Distrital, em Cruz das Armas e a instalação de uma delegacia móvel no local.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.