Com sinais de embriaguez, policial militar é preso após atirar e perseguir motorista

 

Um cabo da Polícia Militar foi preso após atirar e perseguir um motorista durante uma briga no trânsito em João Pessoa, na madrugada desta segunda-feira (23). Ele estava com sinais de embriaguez e foi levado para o Primeiro Batalhão da PM.

A confusão começou após o policial jogar uma lata de cerveja em outro veículo que passava e o motorista foi reclamar, culminando numa discussão. Quando o motorista saiu o policial iniciou uma perseguição.

O Sargento Ulisses, da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur), contou em entrevista à rádio CBN que estava fazendo uma abordagem na orla quando viu os dois carros em alta velocidade.

“Abordamos os veículos e identificamos que havia um policial militar e mais dois integrantes no veículo. O rapaz do outro veículo disse que estava sendo perseguido por eles.

A perseguição começou no Cabo Branco e terminou próximo ao Busto de Tamandaré.

A vítima também relatou que o policial fez disparo contra ele.

Já o policial disse que houve uma discussão e queria apenas ‘conversar’ com o motorista.

“Nós nos assustamos. os veículos vinham em alta velocidade e nós achamos até que iam bater na viatura. Achamos que era um assalto”, disse o Sargento Ulisses.

O policial foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e disparo em via pública.

Os envolvidos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e o PM foi recolhido para o 1º Batalhão da Polícia Militar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.