Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Com caso confirmado de vaca louca, Brasil suspende exportações de carne à China

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O governo suspendeu temporariamente as exportações de carne bovina para a China após a confirmação de um caso de mal da vaca louca em um animal em Marabá (PA).

A suspensão ocorre por um protocolo de 2015 assinado pelos dois países que estabelece um autoembargo nas vendas à China quando uma nova ocorrência de vaca louca —encefalopatia espogiforme bovina— é identificada no Brasil.

“Seguindo o protocolo sanitário oficial, as exportações para a China serão temporariamente suspensas a partir desta quinta-feira (23). No entanto, o diálogo com as autoridades está sendo intensificado para demonstrar todas as informações e o pronto restabelecimento do comércio da carne brasileira”, disse o Ministério da Agricultura, em nota.

O ministro da Agricultura, Carlos Favaro, afirmou nesta quarta-feira (22) que tudo indica que a doença seja atípica —caso em que é desenvolvida durante o processo degenerativo do animal, mais comum em bovinos mais velhos.

“A experiência dos nossos técnicos na avaliação, a rotina onde o animal era criado, sem consumo de rações […] tudo isso permite dizer que a probabilidade é muito grande de que seja atípica”, disse à CNN Brasil.

Segundo Favaro, nessas condições, não há risco para a população comer carne bovina, uma vez que os casos atípicos não são transmissíveis. “Eu posso garantir, que a população brasileira não se preocupe com relação ao consumo de carne bovina”, completou.

O ministro ainda afirmou que o Brasil não tem capacidade laboratorial de identificar qual a tipologia da doença. Por isso, é preciso esperar a contraprova realizada no Canadá para confirmar se trata-se de caso atípico.

“A suspensão que o Brasil tem protocolarmente que fazer das exportações à China é meramente formalidade […] Quero crer, e é uma convicção minha, que antes da visita do presidente Lula à China no final do mês de março, que ainda está para ser confirmada, nós já tenhamos esse caso solucionado”, concluiu o ministro.

Em 2021, o Brasil permaneceu sem enviar carne bovina à China por mais de cem dias, entre setembro e dezembro. Na ocasião, o Brasil havia comunicado dois casos atípicos da doença registrados em Nova Canaã do Norte (MT) e em Belo Horizonte (MG).

Quando as exportações são suspensas por esse motivo, o Ministério da Agricultura envia dados às autoridades chinesas para que a situação de risco seja analisada, e as vendas de carne, liberadas. O processo, no entanto, pode se arrastar por meses.

Segundo a Agricultura, o animal identificado com a doença tinha 9 anos e estava em uma pequena propriedade em Marabá.

“O animal, criado em pasto, sem ração, foi abatido e sua carcaça incinerada no local. O serviço veterinário oficial brasileiro está realizando a investigação epidemiológica que poderá ser continuada ou encerrada de acordo com o resultado”, afirmou o ministério.

A Adepará (Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará), que informou o resultado positivo da doença, disse que o caso foi identificado no sudeste do estado, em uma propriedade que tem 160 cabeças de gado e já está isolada pela agência. “A propriedade foi inspecionada e interditada preventivamente”, afirmou.

Amostras foram enviadas a uma instituição no Canadá para confirmar se o caso é atípico.

 

 

Folha Online

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Taioba Discos inaugura primeira loja física em JP com Soft Opening exclusivo

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

transi

Trânsito entre os bairros José Américo e Água Fria será interditado nesta terça

1_img_6707-38939016

Advogada garante que assassino de Maria Vitória aliciou sete outras meninas; ouça

WhatsApp Image 2024-07-22 at 16.38.28

Francisco Fidelis registra candidatura à vaga de desembargador da Paraíba pelo Quinto Constitucional do TJ-PB

7c5c6b32-034e-4b1c-87c9-53518e96f3a4

Pagamento de julho dos servidores estaduais será feito nos dias 25 e 26

Pao-e-Leite-Divulgacao

Beneficiários do Pão e Leite têm até o fim de julho para atualizar cadastro

Promotoria-Sousa

MPPB expede recomendação sobre a vedação dos conselhos tutelares nas eleições

Gervásio com a prefeita Luciene e Raíssa, Brejo dos Santos

Gervásio participa de convenção que homologou chapa Luciene e Raissa em Brejo dos Santos

Bruno e Romero

Pedro diz que é mais fácil Romero manter aliança com Bruno e indicar nome do vice

Concurso, freepik 1

BNDES divulga edital de concurso com 150 vagas e salário de R$ 21 mil

Creci-PB - Fórum Sta Luzia

Em Bananeiras: Creci-PB participa de debate sobre instalação de Fórum de desenvolvimento urbano