Com apoio de João Henrique, presidente da Câmara de Sumé é reeleito

Acabou ontem à noite a disputa de bastidores pela presidência da Câmara de Sumé. Após várias especulações, inclusive com possível união do deputado Francisco de Assis Quintans e Dr. Neto com vistas à disputa pelo Legislativo Municipal, nem um nem outro saiu vitorioso. O vereador e atual presidente da Casa, Jefferson Menezes, foi reeleito e fez como vice o parlamentar Pepê Paulino, aliado ao deputado João Henrique (DEM).

A eleição chegou a ser suspensa na semana passada por falta de quórum, mas desta vez o placar final ficou em 5 a 3 para Jefferson. O vereador Danda foi o segundo colocado, tendo sido o apoiado por Dr. Neto e pelos parlamentares ligados ao deputado Assis Quintans.

Segundo informações obtidas pelo site De Olho no Cariri, os vereadores que podem ter votado em Jefferson foram Pepê Paulino (novo vice-presidente), Dra. Fabíola Ferreira (1ª secretária), Nego (2º secretário), e Ivandro. Já os parlamentares que provavelmente votaram em Danda foram Vicente Lourenço e Geraldinho. Um dos votos foi anulado e suspeita-se de que este tenha sido o de Sabugo.

Com a nova composição da Mesa Diretora da Câmara de Sumé, o deputado João Henrique poderá ter dado um nó numa aliança anunciada, porém não concretizada entre o deputado Assis Quintans e o prefeito Dr. Neto.

A eleição da nova Mesa da Câmara sumeense começou a ser definida na semana passada, em Monteiro, numa reunião dos 5 vereadores com o deputado João Henrique. Nos bastidores da política caririzeira, comenta-se que a ação de João Henrique teria sido uma resposta à ação de Quintans na eleição da nova Mesa da Câmara de Monteiro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.