Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Coligação Paraíba Unida desmente voz de prisão para agentes federais

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um dos advogados da Coligação “Paraíba Unida”, Fábio Thoma, lamentou hoje em nota a imprensa, a distorção dos fatos em relação à denúncia de crime eleitoral verificado na tarde deste sábado, 23, na casa de número 240, Rua Major Belmiro, em Campina Grande.

De acordo com o advogado, em nenhum momento o major Clementino deu voz de prisão aos federais e disse que é uma inverdade que o major tivesse sido levado pelos agentes para a sede da Polícia Federal para prestar depoimento.

Segundo ele, o Comandante da Polícia de Trânsito apenas pediu que os agentes, que não estavam num carro oficial e não usavam jaquetas oficiais, abrissem a mala do veículo, no que foi negado.

Em comum acordo, conforme Thoma, os policiais militares e federais seguiram até o prédio da PF na Avenida Brasília para que lá fosse feito o procedimento de averiguação do que havia no veículo em questão.

A assessoria da PM esclareceu que a averiguação de veículos por parte da Polícia não é ilegal: “Esse procedimento é padrão em todo o País. A Polícia tem essa prerrogativa, sem que haja a necessidade de ordem judicial”, destacou o major Clementino.

Outro advogado da coligação, Júnior Flor, informou que foi encontrado muito tecido laranja da casa denunciada e agora a Justiça Eleitoral vai investigar se estava havendo produção de bandeiras ou camisetas de forma clandestina.

O advogado ainda estranhou a grande quantidade de advogados da Coligação “Uma Nova Paraíba” em frente à residência no dia do corrido: “Se lá não havia nada por que os advogados não deixaram que a PM ou a Justiça Eleitoral tivessem acesso ao local”, argumentou.

 
 

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

jacksonemarcos (1)

Presidente do PT da PB explica presença na PH: “O evento era do PSB, não do PP”

UFPB-entrada-683x388

UFPB terá urnas em todos os centros de ensino nesta quinta; veja locais

Energisa trabalhando na Torre

Ocorrência deixa áreas da Torre sem energia e concessionária atua para normalizar serviço

ALPB 31

ALPB define nova data para audiência com Pollyanna Loreto e oposição questiona ausência

Glicério Feitosa, candidato do NOVO a prefeito de Bayeux

Glicério Feitosa cita “péssima” gestão de Luciene e indecisos para vencer eleições em Bayeux

Polícia civil, viaturas, central

Operação da PC prende ‘contadora’ do tráfico em João Pessoa e cumpre mandados de busca no sertão

Aimee Garcia, atriz de Dexter

Aimee Garcia, de ‘Lúcifer’ e ‘Dexter’, é confirmada para a edição 2024 do Imagineland

terezinhaemonica (1)

Eleições na UFPB acontecem nesta quinta; 46 mil estão aptos para votar

PM, viatura passando

Criminosos sequestram motorista de aplicativo, trocam tiros com a PM e dois são baleados

Dinheiro 21

INSS começa a pagar nesta quarta-feira décimo terceiro antecipado