Clima pesa entre Raissa Lacerda e Eliza Virgínia

As vereadoras Eliza Virginia (PSDB) e Raissa Lacerda (DEM) voltaram a se estranhar hoje de manhã na Câmara Municipal de João Pessoa. De acordo com Eliza, Raissa teria agido de forma agressiva contra ela. O motivo da confusão teria sido a discussão por causa do arquivamento do pedido de impeachment contra o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB), considerado como "cheio de erros" pela vereadora da base governista.
 
– Realmente aconteceu um episódio um pouco chato, um pouco constrangedor. Houve um desentendimento e a vereadora Raissa veio tomar as dores comigo de uma forma agressiva e violenta, falando de forma áspera. Mas quando um não quer, dois não brigam, eu me virei e dei as costas pra ela sem ligar muito.
 
Segundo Eliza, a Câmara está passando por dificuldades e ela acredita que a instalação do Conselho de ética pode ser uma saída para esses problemas.
 
– A Casa está passando por um momento difícil para a situação defender o indefensável e quando as pessoas não têm o que falar, partem para o ataque. A gente até entende o descontrole. Sem argumentos, você termina usando a força e atingindo pessoas de outra forma. Espero que isso passe e que na semana que vem o coração do presidente se abra e aprove o pedido de Milanez de instalar o conselho de ética que já esta feito e só precisa ser instalado.
 
Já a vereadora Raissa Lacerda desmentiu as afirmações de ter agredido verbalmente a colega Eliza Virginia e ainda a chamou de “destemperada”.
 
– O que eu estou vendo na Câmara Municipal de João pessoa é o destempero da vereadora Eliza Virginia diante das colocações de Jorge Camilo. Eu apenas concordei com as colocações de Jorge, aí ela disse que todos os vereadores de João Pessoa eram lagartixas do prefeito Luciano Agra. Eu não concordei, fui até ela e relembrei que ela já tinha indisposição na Câmara com Bruno Farias. Eu saí do Democratas deixando amigos, já ela foi expulsa do PPS e teve atritos com Bruno e outros vereadores. Eu queria que ela me respeitasse. A vereadora Eliza só não brigou ainda com Macaxeira, o vendedor que trabalha de frente à câmara. Eu estou na Câmara para trabalhar e não para fazer esse tipo de política rasteira e de baixo nível.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.