Cida não acredita em rompimento de João e acha visão de Galdino “catastrófica”

Em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira, 19, ao Jornal da Manhã da Jovem Pan João Pessoa, a deputada estadual Cida Ramos (PSB) comentou as declarações do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), prevendo “uma implosão” no partido depois da dissolução do diretório, na última sexta-feira.

“Não existe implosão. Essa visão seria catastrófica. A saída de alguém de um partido é uma questão de foro íntimo, mas é preciso pensar como a Paraíba se coloca no cenário do Nordeste e do Brasil, como o Estado está numa situação confortável em relação à crise do país. Quem disser que está saindo por questões internas que todo partido enfrenta, está totalmente equivocado e não centrado nas grandes questões. Eu não acredito no rompimento de João. Ele é um político sensato e sabe que o Brasil vive um momento de retrocesso e que a Paraíba está na contramão desse panorama, numa situação mais confortável. João Azevedo, assim como Ricardo Coutinho têm muitas contribuições a dar”, declarou a parlamentar.

Para Cida, o momento deve ser de cautela por parte de todos os girassóis: “A futrica atrapalha esse processo. Sou adepta de Gramsci [Antonio Gramsci, filósofo marxista, jornalista, crítico literário e político italiano] e acredito que temos que manter nosso foco na grande política”.

Cida não acredita em rompimento de João e acha visão de Galdino “catastrófica”

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.