Cícero recebe apoio de Wellington Roberto e diz que só Deus o faria desistir

Em entrevista prestada ao Programa Boca Quente da Difusora Rádio Cajazeiras apresentado por Adjamilton Pereira e J.França, o senador Cicero Lucena (PSDB), falou à imprensa pela primeira vez na tarde dessa quarta-feira, 9, depois que retornou da China. Cicero relembrou o processo de eleição do ex-governador Cássio Cunha Lima em 2002 e 2006 afirmando que em 2010 todos juntos seriam vitoriosos mais uma vez.

Falando como candidato, Lucena disse que vai procurar convencer tanto Cássio como o DEM que o PSDB tem todas as condições de ter um candidato próprio. Analisando pesquisa realizada que o colocou com 14%, Cicero afirmou que Cássio e Efraim poderiam lhe dar mais 15% e apartir daí iniciar uma campanha com um percentual significativo.

Perguntado em qual circurstância não seria candidato, o senador Cicero Lucena foi direto afirmando que só não será candidato se Deus não quiser.

O senador também confirmou reunião hoje pela manhã com o deputado Wellington Roberto (PR), destacando o apoio do parlamentar e sua pretensão de ser candidato a senador na sua chapa ao lado de Cássio Cunha Lima.

Com relação a possibilidade de subir no mesmo palanque de Ricardo Coutinho, Lucena disse que isso não tem como acontecer: "Ora, como eu não prestava na eleição passada e agora presto? Ou ele estava mentindo no passado ou estaria mentindo no presente", afirmou o senador.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.