Cícero nega euforia pró-Ricardo e diz que aliança só sairia com apoio a Serra

O senador Cícero Lucena (PSDB) comentou hoje na Rede Paraíba Sat as declarações do tio do governador Cássio Cunha Lima, Ivandro, a respeito de uma suposta "euforia popular" em torno de uma composição entre tucanos e socialistas rumo a 2010. Para Cícero, a tal euforia não existe: "Não existe esse negócio de euforia. Não há unidade do partido em torno dessa tese. Não se pode fazer composição com Ricardo Coutinho porque ele não vota no nosso candidato a presidente. Ricardo não vota em Serra", disse ele.

Cícero acrescentou que não tem mantido contato com o ex-governador Cássio Cunha Lima desde que ele deixou a Paraíba e foi estudar inglês nos Estados Unidos. Para Cícero, Cássio precisava de um tempo para descansar e esse período de afastamento deve ser respeitado: "Ele passou por um processo desgastante e foi vítima de uma injustiça. Ele precisava de um tempo para descansar e cabe a nós respeitar e deixá-lo à vontade", resumiu.

Reiterando sua condição de candidato ao Governo pelo PSDB em 2010, Cícero disse que espera a convenção de seu partido para que aqueles tucanos que hoje defendem a composição com Ricardo Coutinho retornem à base: "É sempre assim. Depois, tudo volta ao normal".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.