Cícero Lucena ignora conselho de Efraim e permanece pré-candidato

O senador paraibano Cícero Lucena (PSDB) preferiu ignorar o tom do conselho dado a ele ontem pelo colega Efraim Morais (DEM) sobre a eventual necessidade de retirar sua pré-candidatura ao Governo da Paraíba para que outro nome, com mais chances de vitória, pudesse ser apoiado pelo grupo atualmente capitaneado pelo PSDB paraibano. Para Cícero, o balizamento feito pelas pesquisas de opinião realizadas até agora não serve como base para uma decisão sobre o assunto. Ele lembrou que vários políticos não teriam sido eleitos se tivessem aberto mão de suas postulações por causa de pesquisas adversas:

"Eu posso responder por mim. Minha pré-candidatura está posta. Estou cumprindo o que foi acordado com Efraim Morais e Cássio Cunha Lima, percorrendo o Estado para botar nosso nome nas ruas. Se fosse depender de pesquisas realizadas um ano antes, Cássio não teria permanecido candidato ao Governo e nem Efraim teria disputado o Senado. Nenhum dos dois liderava as pesquisas. Na eleição que ganhei para prefeito de João Pessoa, eu era o último colocado quatro meses antes da eleição", disse Cícero Lucena em entrevista à Rede Paraíba Sat.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.