Cícero denuncia ‘chantagem’ do Governo Maranhão III

O senador Cícero Lucena, presidente estadual do PSDB, defendeu que a fiscalização e o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos são deveres dos representantes da Paraíba no Congresso e na Assembléia Legislativa.

Em Brasília, o senador recriminou o comportamento do governador que tem pressionado a bancada de oposição, na tentativa de aprovar a toque de caixa uma lei permitindo a contratação de empréstimo no valor de R$ 191 milhões junto ao BNDES (Banco Nacional Econômico e Social). Para o senador o comportamento dos parlamentares é responsável e coerente. “Os deputados fazem oposição ética, clara e responsável, o povo quer saber como esse dinheiro será aplicado?”, cobrou Lucena.
 
De acordo com o senador Cícero, a contratação de empréstimo para custeio da máquina administrativa é inadmissível. “O governador está chantageando os deputados, é uma tentativa clara de confundir a opinião pública. O ex-governador Cássio entregou o Governo com as contas em dia, deixou dinheiro em caixa, antecipou o pagamento do mês de fevereiro, assegurou convênios e várias obras em andamento com dinheiro garantido, esse empréstimo é injustificável”, denunciou Cícero.
 
O senador propôs ainda uma reunião da Bancada Paraíba com o objetivo de pedir auxílio ao Governo Federal. “O Governo que ajudou as montadoras e os metalúrgicos, sacrificando os municípios com a redução do IPI, ajudou os bancos com a redução dos juros, porque não pode ajudar os paraibanos? Se houver necessidade me coloco a disposição para que ao lado dos senadores e deputados federais da Paraíba possamos solicitar mais recursos para o Estado”, finalizou Lucena.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.