Central de Orientações e Prevenção do Coronavírus passa a atender em novo horário

O teleatendimento da Central de Orientações e Prevenção do Coronavírus, serviço da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), passa atender em novo horário, seguindo o funcionamento das Unidades de Saúde da Família (USF). A partir de agora, o número 3218-9214 estará recebendo ligações das 7h às 11h e das 12h às 16h, de segunda a sexta-feira.

De acordo com o coordenador do serviço, o médico e preceptor de Residência Médica da SMS, João Rodolfo, a mudança no horário de atendimento do telemedicina acontece devido à baixa procura pelo apoio remoto.

“Desde o mês de junho que o volume de ligações para nossa Central de Orientações tem caído. Em Julho não foi diferente e tivemos uma nova queda, recebendo uma média de 60 ligações por dia, bem diferente de meses anteriores como maio e junho, quando chegamos a receber cerca de 150 a 200 ligações em um dia”, explica o médico.

Mesmo com a redução no horário de atendimento, a população que precisar de assistência ou orientações sobre o novo coronavírus não estará desassistida, uma vez que as USFs seguem atendendo casos leves e moderados, além de outros agravos, e as Unidades de Pronto Atendimento que atendem exclusivamente casos moderados graves de síndrome gripal e suspeita de Covid.

Outra opção é o app Monitora Covid, que funciona como uma sala de situação e permite o monitoramento de casos confirmados, suspeitos e em isolamento domiciliar de forma mais eficaz e dinâmica.

No aplicativo, o usuário responde perguntas simples sobre seu estado de saúde diariamente e, se identificado algum sinal de alerta, os profissionais da SMS entram em contato para orientar dentro das necessidades do caso. Pelo app, também é possível o usuário acessar a localização dos serviços de referência para a doença mais perto de sua residência, além de informações sobre medidas de prevenção e cuidados no isolamento domiciliar.

O aplicativo já possui versões para IOS e Android e, para baixá-lo, basta digitar “Monitora Covid-19” na loja de aplicativos do celular.

Desde o mês de março, quando foi criada a Central de Orientações, o serviço já prestou teleatendimento a 26.981 pessoas, com orientações sobre cuidados e prevenção e até encaminhando de casos mais graves para serviços de referência.

 

 

 

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.