Celeiro Espaço Criativo recebe lançamento de livro do escritor Marcus Alves

O Celeiro Espaço Criativo, localizado no bairro do Altiplano, já se consolidou como vitrine do artesanato, pintura e artes plásticas da Capital e agora vai mais adiante abrindo as portas também para a literatura.  A novidade fica por conta do lançamento do livro ‘O sapato amarelo’ (ou K encontra Paludes), do escritor Marcus Alves, nesta quarta-feira (4), às 19h.

“O Espaço Celeiro Criativo além de ser um lugar de bela arquitetura e ambiente agradável, tem se mostrado muito importante para todas as vertentes das artes não apenas de João Pessoa, mas de toda a Paraíba. Os artistas em geral podem e devem ocupar o local para dar vida e sentido a essa obra tão grandiosa para nossa cultura local”, ressaltou Marcus Alves.

O livro é da editora Cartonera Aberta, em parceria com o Centro de Comunicação, Turismo e Artes da Universidade Federal da Paraíba (CCTA/UFPB). A obra conta a história de um personagem que vive por duas décadas à procura de um objeto de desejo de herança, um par de sapatos amarelos. Em sua busca, perambula por vários ambientes urbanos no esforço de descobrir, inclusive o sentido de sua própria vida.

Marcus Alves ainda falou de como foi seu processo de produção criativa. “Tudo foi tratado dentro de uma estrutura narrativa de um documento arqueológico, como um manuscrito encontrado na Biblioteca da Universidade de Brasília. O esforço foi de fazer um personagem contemporâneo com os dilemas de nossa própria vida”, explicou.

Trabalho artesanal – Foram produzidas 100 capas enumeradas, cada uma feita por um designer gráfico diferente, de maneira artesanal, costuradas à mão e confeccionadas de papel reciclado. As ilustrações do livro ficaram por conta da artista plástica Juliana Alves.

Perfil – Marcus Alves é mestre em comunicação e doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília.  Autor de vários livros de ciência sociológica e literatura como Cultura Rock e Arte de Massa; Cultura no Mercosul: uma política do discurso. Na poesia, já publicou O eterno e o Provisório; Arqueologia.

Também foi secretário de Comunicação dos municípios de João Pessoa e Conde. Atualmente, trabalha no Centro de Comunicação, Turismo e Artes da UFPB, além de assessorar a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) na sua política de cultura.

Comentários