Celebridades e jogadores engrossam as fileiras dos partidos

De um ex-participante do "Big Brother" a cantores e uma legião de jogadores de futebol, os partidos políticos foram à caça de filiações de famosos para alavancar o desempenho nas eleições do próximo ano.

O prazo para que o futuro candidato nas eleições de 2010 se filie a uma sigla termina no próximo sábado (3), quando faltará um ano para o pleito.

Nos últimos dias, uma série de filiações de novatos na política foram anunciadas pelos partidos. Devem estrear em eleições no próximo ano os ex-jogadores Edmundo, que tentará ser deputado estadual pelo PP-RJ, e Danrlei, que vai concorrer à Câmara pelo PTB-RS.

E não só esportistas aposentados são alvos. Marques, atacante do Atlético-MG, Harlei, goleiro do Goiás, e Marcelinho Carioca, ex-ídolo do Corinthians e atualmente no Santo André, também se filiaram. Marcelinho deve ir para o PDT-SP. Ainda neste ano, esteve no PTB paulista, que já anunciou a filiação do ex-jogador Vampeta e do ex-boxeador Maguila.

Na semana passada, Romário, que recentemente voltou aos gramados para jogar a segunda divisão do Rio, ao anunciar sua filiação ao PSB, se confundiu e disse que tinha acabado de assinar a ficha do "PSDB".

No PT paulista, ingressou Andres Sanchez, presidente do Corinthians –time para o qual o presidente Lula também torce. Sanchez já havia sido membro do partido anteriormente e agora retornou. O dirigente são-paulino Marco Aurélio Cunha já é vereador pelo DEM. As restrições para a propaganda política que entraram em vigor em 2006 são vistas como atrativo para que nomes já conhecidos do eleitor concorram. Sem "showmícios" e a distribuição de brindes, ficou mais difícil para o candidato novato que não é famoso ser bem-sucedido.

Há três anos, dois dos três deputados federais mais votados no país eram ex-apresentadores de TV –Celso Russomano (PP) e Clodovil Hernandes, que morreu no começo do ano.

O ator André Gonçalves, que fez a novela "Caminho das Índias", da Globo, deve concorrer a deputado estadual no Rio pelo PMN. Kléber "Bambam", vencedor de uma das edições do "Big Brother Brasil", diz que sairá candidato em 2010 em São Paulo –ele fala que irá decidir ainda nesta semana por qual partido.

Os cantores Sérgio Reis e Heber Artigas Fros, conhecido como Gaúcho da Fronteira, também vão fazer parte da campanha em 2010. Reis entrou no PR de Minas.

Fros nasceu no Uruguai, se naturalizou brasileiro neste ano e ingressou no PTB do Rio Grande do Sul. Inspirado pelo sucesso eleitoral do cantor de forró Frank Aguiar (PTB), eleito deputado federal em 2006 e atualmente vice-prefeito em São Bernardo do Campo (SP), o músico promete que, se eleito deputado estadual, vai lutar para restabelecer os showmícios.

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.