Cássio tira licença de 3 dias para acompanhar internação de Ronaldo

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) anunciou hoje que estará afastado da atividade parlamentar de hoje até quinta-feira, 23, para acompanhar o tratamento de saúde do pai, Ronaldo, que está internado no Hospital Sírio Libanês desde ontem. O pedido é para um afastamento sem vencimentos e foi apresentado à mesa diretora do Senado hoje.

Ronaldo Cunha Lima foi diagnosticado com um câncer de pulmão e submeteu-se a uma punção hoje de manhã. Pelo Twitter,  o senador disse que ainda não há confirmado de que o poeta possa passar o Natal em casa: "Caso não haja infecção bacteriana no pulmão a possibilidade de passarmos o Natal em casa é grande. Mas só amanhã teremos confirmação"

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.