Cássio pediu que pensão voltasse a ser paga em 2013

A polêmica do salário do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) continua rendendo fatos novos. Hoje, o Parlamentopb teve acesso ao ofício no qual o tucano solicitou, em 2013, ao governador Ricardo Coutinho (PSB), que sua pensão como ex-governador voltasse a ser paga. O documento, inclusive, cita número de conta bancária na qual o depósito deveria ser feito. 
 
Dois anos antes, em 2011, Cássio havia solicitado que o benefício da pensão fosse suspenso. À época, ele alegara que a medida havia sido tomada para respeitar o limite de remuneração de agentes públicos determinado pela Constituição Federal.
 
O assunto veio à tona durante o debate realizado ontem à noite com os candidatos ao Governo da Paraíba na TV Clube. A confirmação de Cássio sobre seu salário acima do teto veio a público a partir do questionamento feito pelo governador e candidato à reeleição, que perguntou se era verdadeira a informação de que o tucano recebia mais que um ministro do STF.
 
Ao responder ao questionamento, Cássio disse que sim, mas alegou que parte da remuneração que recebe é destinada ao pagamento da pensão de sua ex-esposa. “O senhor (Cássio) não pode pagar pensão com dinheiro do tesouro. O senhor está transgredindo a lei”, observou o socialista.   
 
Confira o requerimento de janeiro de 2013
 
 
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.