Cássio não disputa, mas não recusa presidência do PSDB

O ex-governador paraibano Cássio Cunha Lima afirmou na manhã de hoje que não disputará a presidência estadual do PSDB. Ele adiantou ainda que não recusará o cargo, contanto que não haja disputas internas dentro do partido. “Até agora eu não tenho conhecimento de nenhuma disputa dentro do PSDB sobre esse assunto, eu aceito assumir a presidência através de um consenso interno, não de disputa”, disse durante entrevista concedida no Centro Administrativo Municipal, onde foi acompanhar a assinatura de um convênio para a realização de um mutirão de cirurgias entre o Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa.

Ele ainda revelou que não é o momento de falar em outros nomes que possam assumir a presidência, mas adiantou que qualquer colega que vier a ser indicado em consenso pelo partido estará apto a comandar a legenda no Estado. “A palavra é consenso, nunca confronto, se tiver outro companheiro querendo pleitear a presidência, aceitarei com naturalidade, mas não entrarei na disputa”, enfatizou.

Cássio destacou ainda que o partido deve, antes de tomar alguma decisão, ouvir todos os filiados. “Eu me recuso a assumir a presidência do partido caso haja algum conflito interno em relação a esse assunto”, finalizou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.