Cássio fecha acordo e espera evolução de Cícero até a convenção do PSDB

Uma fonte tucana que pediu reservas revelou hoje o teor da conversa mantida a portas fechadas entre o ex-governador Cássio Cunha Lima e o senador Cícero Lucena em Brasília. Segundo o político, Cássio conseguiu, antes de falar com Cícero, o aval do PSDB Nacional para fechar um acordo com o amigo. Pelas regras, o senador que pretende disputar o Governo da Paraíba em 2010 teria até junho do ano que vem, quando se realiza a convenção tucana para melhorar seus índices nas pesquisas e, caso consiga chegar a patamar de equivalência com Ricardo Coutinho (PSB) e José Maranhão (PMDB), que lideram atualmente as intenções de voto, terá o apoio de Cássio na campanha.

Por outro lado, o pacto prevê também o contrário. Se Cícero não evoluir a ponto de ter uma candidatura competitiva, ele deverá aceitar o panorama adverso, recuar da intenção de concorrer ao Governo e liberar Cássio e o partido para a migração rumo à candidatura de Ricardo Coutinho.

Efraim Morais deixou claro, nas conversas que teve com Cícero e Cássio que não pretende ser candidato ao Governo e que deverá concorrer à reeleição para o Senado. Em qualquer das hipóteses, com Cícero ou com Ricardo, ele integrará a chapa majoritária.

Sem confirmação – Procurado pela reportagem do Parlamentopb para comentar o assunto, o ex-governador não respondeu aos contatos. No meio da tarde, ele encaminhou uma mensagem ao site e disse que seu encontro com Cícero tinha tido como saldo a busca da unidade do grupo em um contato de velhos amigos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.