Cássio estima que posse deve acontecer em até 40 dias

Um dia depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que lhe garantiu o direito de assumir o cargo de senador da República, Cássio Cunha Lima (PSDB) concedeu uma entrevista ao Tambaú Debate da FM Tambaú. Ele disse se sentir aliviado depois da longa batalha jurídica que travou para conseguir o registro de sua candidatura e a validação dos 1.004.183 votos obtidos nas eleições de outubro.

– Eu quero agradecer a toda a Paraíba, a Deus e à imensa solidariedade que recebi ao longo dessa novela. Ontem, venceu o Estado de direito, a democracia e a soberania popular. Eu me sinto feliz, alegre, aliviado… tenho a dimensão da responsabilidade do mandato que exercerei, com dignidade e força. Vou contribuir para que possamos unir nossa bancada de senadores e deputados. Vamos deixar as divergências políticas de lado para que possamos trabalhar pelo desenvolvimento no nosso Estado e apoiar as iniciativas do governador Ricardo Coutinho. O sucesso dele será o sucesso da Paraíba.

Ele estimou que em 30 ou 40 dias deve assumir  o mandato de senador e contou como foi seu encontro com o senador Wilson Santiago (PMDB) num restaurante de Brasília, ontem à noite. O tucano contou ter comentado com Santiago que o resultado não era culpa nem de um nem de outro.

– Eu tive uma conversa civilizada com Wilson Santiago e disse que meu gabinete estará à disposição. É preciso acabar com as brigas, com as picuinhas e lutar pelo desenvolvimento da Paraíba.  Foi uma conversa de distensão. Chega de briga e de confusão!

O tucano ainda falou sobre a expectativa de tempo para sua posse:

– A decisão de ontem tem repercussão geral. No final da sessão, o presidente da Côrte recomendou que os ministros já decidissem monocraticamente. Meu processo , o ministro Joaquim Barbosa, pode dar eficácia à decisão com um despacho. Acredito que isso deva demorar 30 ou 40 dias no máximo. A decisão está tomada. O que foi decidido ontem serve para todos os casos. A situação está decidida, graças a Deus! Vou poder ajudar o governador Ricardo Coutinho.

Cássio também negou que pretenda migrar para o PSD de Gilberto Kassab. Ele revelou ter conversado sobre o assunto com Rômulo Gouveia (PSDB), que lhe fez queixas sobre o ninho tucano. O vice-governador falou de sua vontade de filiar-se à nova legenda atendendo a convite do prefeito de São Paulo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.