Cássio endossa informação do Parlamentopb e cobrança pela vice de Ricardo

O ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), confirmou hoje em entrevista na Rede Paraíba Sat, a informação divulgada ontem com exclusividade pelo Parlamentopb. O PSDB Nacional, diante da retirada da candidatura de Cícero Lucena ao Governo do Estado, já informou ao PSB que exige a condição de indicar o vice na chapa de Ricardo Coutinho.

– Nós estivemos em Brasília esta semana e Sérgio Guerra fez contatos com Eduardo Campos para deixar claro que com a desistência de Cícero, que é relevante, o PSDB reivindica formalmente o espaço da vice na majoritária da Paraíba. É isso que vamos colocar de forma muito clara, como Guerra já fez a Eduardo Campos e, pessoalmente, acho isso absolutamente natural. Depois de um longo processo, retiramos uma candidatura e na sequência, poderemos ocupar a vice. Mas, ao longo de todas as negociações, ficou claro que Ricardo Coutinho iria apoiar Ciro e, na retirada dessa postulação, de apoiar Dilma Rousseff. Em toda a discussão, não foi feita nenhuma discussão sobre o apoio de Ricardo a José Serra.

Em sua entrevista, o ex-governador declarou que sua relação pessoal com Cícero Lucena está preservada, apesar do impasse em torno da candidatura ao Governo, remoído durante oito meses:

– Tivemos uma divergência momentânea no campo político, mas isso não afeta nossa relação pessoal. A divergência é natural da vida e na política. Não estamos separados, mas nossa preocupação será sempre de preservar a unidade do PSDB.

Mesmo destacando a busca pela unidade, ele reconheceu que haverá dissidência:

– Já vemos que teremos dissidentes, mas a maioria esmagadora do PSDB marchará com Ricardo Coutinho.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.