Cartaxo diz que queda de secretário mostra falta de rumo do Governo

O deputado estadual Luciano Cartaxo (PT) afirmou, hoje, que a saída do secretário da Saúde, Mário Toscano, o terceiro (Educação, Saúde e Defensoria Pública) em 69 dias de gestão, demonstra que o Governo está sem rumo. “A população paraibana está sendo diretamente prejudicada com a baixa qualidade dos serviços prestados em áreas essenciais como Saúde, Educação e Segurança Pública. Impressiona a total falta de planejamento nessas áreas e o problema fica ainda mais evidente se observarmos que os dois secretários que ´adoeceram´ foram exatamente os que cuidavam da Educação e da Saúde, áreas essenciais para o bom funcionamento da gestão”, afirma o parlamentar.

Segundo Cartaxo, o problema não é apenas a substituição de nomes, ou seja, o troca-troca de secretários, e sim a falta de planejamento do governo de forma geral. “Qualquer cidadão que procura um hospital público da rede estadual vai sentir na pele as consequências dessa desorganização. Os alunos estão sofrendo com a baixa qualidade da educação oferecida pelo Governo. O mesmo se aplica à segurança pública, pois os números mostram um aumento significativo da violência no Estado, principalmente na Região Metropolitana da Capital. O Governo precisa reconhecer os erros e executar as metas tão largamente anunciadas e que não saíram do papel”, ressaltou o deputado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.