Cartaxo admite ser candidato a prefeito de João Pessoa

O deputado estadual Luciano Cartaxo (PT) admitiu ontem, em entrevista à Tambaú FM durante o Tambaú Debate (11h45 às 13h30 na 102,5 Mhz) que pode disputar a prefeitura de João Pessoa em 2012. Ele afirmou que a candidatura depende do partido e da receptividade do eleitorado, mas defendeu que o PT tenha candidato.

– A eleição de 2012 será diferente. Nas duas últimas, você tinha Ricardo Coutinho como franco-favorito. Não precisava nem contratar instituto de pesquisas. Bastava andar nas ruas. Agora, não existe favorito. Tem o atual prefeito que é um bom candidato, tem uma história administrativa recente em João Pessoa, mas que nunca foi político na vida. Vai disputar pela primeira vez. O padrinho ajuda, o PSB já botou ele na rua e eu estranho que ele queria escolher o adversário [referindo-se à simpatia de Luciano Agra por Luiz Couto]. O PSDB vai ter candidato. Não tenho dúvida. O PMDB também. O PT não pode perder essa eleição por WO e não pode deixar de entrar em campo porque senão os eleitores vão se desacostumar de votar no PT.

Cartaxo disse desconhecer a uma eventual "candidatura natural" do deputado federal Luiz Couto a prefeito de João Pessoa.

– Luiz Couto não se declarou como candidato, mas nossa ideia é de que o PT deve construir a unidade. O PT precisa decidir pela candidatura e depois vamos discutir o nome.

Apesar de defender o lançamento de candidatura própria do PT, Cartaxo concorda com a manutenção dos cargos de petistas no Governo do Estado e na Prefeitura de João Pessoa:

– Isso é um processo que precisa ser construído. Quem já está no Governo, não há problema. O partido não pode é ficar refém dessa situação e aceitar que por causa dos cargos, não podemos lançar candidato. O PT não pode ser amordaçado e precisa saber o que está fazendo nesses governos. Qual o papel do PT nesses governos? Ele tem força?

Hoje, o Tambaú Debate entrevista o deputado federal Luiz Couto (PT) a partir das 11h45.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.