Candidatos a vice de Walber, Raoni e Ruy passam a apoiar Nilvan

Em uma reunião realizada no início da tarde de hoje, os candidatos a vice-prefeito no primeiro turno Leila Fonseca (Patriotas), Zé Gadelha (PSC) e Coronel Ramalho (DEM) reforçaram o seu apoio ao candidato Nilvan Ferreira.

O encontro foi marcado pelo diálogo entre as lideranças e o alinhamento de ideias. “Eu estou muito feliz em poder participar desse processo democrático e ajudar na candidatura de Nilvan. Eu acredito que ele poderá fazer a diferença na prefeitura pra gente extinguir a velha política e abraçar pautas importantes, que eu defendo, como a saúde e a educação”, declarou Leila Fonseca, candidata a vice-prefeita na chapa com Wallber Virgolino, no primeiro turno.

Já Zé Gadelha, vice-prefeito na chapa de Ruy Carneiro, afirmou que a união das novas lideranças deve-se a abertura de Nilvan para acolher propostas para o seu projeto político. “Nós fizemos uma campanha absolutamente propositiva e muitas propostas serão aproveitadas no governo do Nilvan. Ele demonstrou boa vontade para absorver e implementar essas nossas ideias em seu plano de governo. Isso foi fator determinante”, definiu.

Também apoiador declarado neste segundo turno, Coronel Ramalho, vice-prefeito na chapa de Raoni Mendes, vê Nilvan como uma revolução para a política de João Pessoa. “Nilvan vem praticamente independente. A força que ele recebe hoje é de quase todos os partidos que eram concorrentes dele, mas agora se põem como aliados. A gente está mostrando que João Pessoa que já escolheu Nilvan para revolucionar essa cidade”, afirmou.

Com o reforço em sua base aliada, Nilvan se mostra confiante para o pleito. “Eu estou muito feliz de neste momento, na semana do segundo turno, ter a oportunidade de reunir pessoas super importantes para a nossa vitória. São forças do bem que se juntam na construção de uma nova alternativa para comandar os caminhos de João Pessoa”, afirmou o candidato.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.