Campina Grande e Areia vencem o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

O número de mulheres no mundo dos negócios cresce a cada dia. Com muito talento e versatilidade elas estão conseguindo se inserir no cenário econômico do país e do mundo. Baseando-se nesses perfis, seis paraibanas tiveram sua atitude empreendedora reconhecida ao receber o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2010, na noite desta terça-feira, 1º. O evento aconteceu no Grand Château e contou com as presenças do Superintendente do Sebrae Paraíba, Júlio Rafael, da primeira-dama do município, Ana Claudia Vital do Rego e da primeira-dama do Estado, Pâmela Bório entre centenas de outros convidados.

No ano em que houve um aumento de inscrições, 51 no total, e uma maior participação de mulheres de outras cidades do Estado, Campina Grande foi escolhida como palco da cerimônia. A empresária campinense Joseane Muniz, da empresa Eletricar Baterias, pela segunda vez, foi premiada com o primeiro lugar na categoria Pequenos Negócios. Natural da cidade de Areia e líder da Associação para o Desenvolvimento Sustentável de Macacos e Furnas , a Adesmaf, Márcia Gondim, ficou com o primeiro lugar na categoria Negócios Coletivos.

O superintendente do Sebrae Júlio Rafael abriu a cerimônia expressando o carinho e respeito pela força do trabalho feminino na construção de um mundo melhor. Lembrou e elogiou o fato do nosso país viver um momento de apreço ao olhar e o talento feminino, com a eleição da presidente Dilma Roussef para ocupar o cargo máximo do poder brasileiro. Destacando a Paraíba, Júlio disse ter orgulho como presidente de uma instituição que valoriza o empreendedorismo.

“Premiar tantas histórias de sucesso é sempre gratificante. Fico feliz também já que em sete edições desse prêmio a Paraíba já obteve excelentes resultados, inclusive com dois troféus de ouro na grande premiação nacional”, comentou em seu discurso.

O Superintendente do Sebrae Paraíba ainda avisou que a intenção do evento a partir de agora é circular por todas as regiões do Estado. “Começamos por Campina e vamos ao encontro de cada uma dessas histórias que nos enche de orgulho”, disse Júlio Rafael.

A primeira-dama de Campina Grande, Ana Claudia Vital do Rego, representando o prefeito, enfatizou a luta diária de muitas mulheres que trabalham e necessitam se desdobrar no papel de mãe, mesmo assim ficando longe de seus filhos e assumindo o controle sobre suas atividades profissionais. “Parabenizo não só as mulheres premiadas hoje aqui, como também todas aquelas que se inscreveram e que contaram suas histórias para servir de exemplo para tantas outras pessoas, homens ou mulheres, que sonham em possuir um negócio empresarial”, destacou.

Já Pâmela Bório, primeira-dama do Estado, representando o governador Ricardo Coutinho, também lembrou do destaque que a Paraíba sempre alcança a cada edição do prêmio. Além de parabenizar as participantes, a primeira-dama fez o convite para que no ano que vem mais mulheres se inscrevam e coloquem suas histórias de sucesso a conhecimento público. “Conheço a história de algumas dessas mulheres e penso que elas inspirariam tantas outras a seguirem em frente no seu sonho”, declarou.

As escolhidas – Na etapa estadual do prêmio, além das vencedoras dos primeiros lugares, mais duas mulheres em cada categoria tiveram suas historias destacadas e premiadas. Em Negócios Coletivos além da vencedora foi Márcia Gondim, da Adesmaf, com um trabalho à frente de uma associação de cultivo de flores, o segundo lugar ficou com Nazaré dos Santos, da Cooperativa Paraibana de Avilcultura e Agricultura Familiar, em São Sebastião de Lagoa de Roça. O terceiro lugar ficou com Maria da Paz, representando a Associação Comunitária dos Agropecuaristas de São João.

Em Pequenos Negócios a história de Joseane Muniz, da Eletricar Baterias, mais uma vez rendeu admiração da comissão julgadora, dando a ela novamente o primeiro lugar nessa categoria. A empresa "Dona Empadita", da empresária campinense Tânia Alverga também foi selecionada com o segundo lugar. Já a empresária Mônica Maia, da MVest de João Pessoa, ficou com o terceiro lugar na edição desse ano.

“Quero agradecer em primeiro lugar a Deus, porque ele é forte. Ao meu pai, que a princípio não acreditou em mim e hoje é um dos meus maiores incentivadores. E também aos meus filhos. Vencer é só uma questão de perseverança e de acreditar nos seus sonhos. Acreditem mulheres da minha terra”, falou emocionada Joseane Muniz, da empresa Eletricar Baterias.

Final nacional – As primeiras colocadas nas duas categorias irão concorrer agora em nível regional e em seguida na seletiva nacional, prevista para acontecer no mês de abril, em Brasília. As grandes vencedoras ganham viagens a centro internacionais de empreendedorismo. A ultima visita foi feita á Itália. Para quem se interessa em participar das próximas edições do prêmio, a partir de maio poderão ser feitas inscrições pelo site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br.

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é uma iniciativa do Sebrae, em parceria com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW). Além da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ), que contribui para melhoria dos processos do prêmio bem como a garantia da integridade e confiabilidade do julgamento.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.