Câmara discute situação de aprovados em concurso de Cabedelo

A Câmara Municipal de Cabedelo realizará, nesta terça-feira, 29, às 19h, uma sessão especial para discutir a situação do último concurso público realizado pela Prefeitura Municipal, pendente de homologação. A realização dessa sessão especial atende a um requerimento do vereador Wellington Brito (PSDC), apresentado e aprovado por unanimidade no legislativo. Os aprovados no concurso farão um protesto em frente à Câmara cobrando a homologação do resultado do concurso que já foi inclusive publicado na página da empresa organizadora e a retirada da Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público de Cabedelo.  

Ao justificar seu requerimento, na tribuna da Câmara, Wellington Brito comentou que a Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público para anulação do concurso de Cabedelo foi proposta após a denúncia sobre fraude nas provas para os cargos de fiscal de obras, agente fiscal de tributos, arquiteto, cirurgião-dentista e educação básica de língua brasileira de sinais,

“O concurso para três desses cinco cargos cujas provas foram questionadas são para formação de cadastro de reserva. Temos que saber se os motivos de uma possível anulação são justos e suficientes para prejudicar as 937 pessoas aprovadas”, disse o autor do requerimento, levantando um dos questionamentos que deverão ser discutidos durante a Sessão.

Entre os convidados para a Sessão Especial, estarão o Promotor Público Valério Bronzeado, representantes da Comissão Organizadora do Concurso e da empresa responsável, a Secretaria Municipal de Administração e representantes dos concursados.  

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.