Câmara discute dívida de aproximadamente R$ 9 milhões em Sousa

A Procuradoria Jurídica da prefeitura de Sousa se reúne na próxima sexta-feira, 26, com os sindicatos do município para discutir o pagamento de precatórios. A prefeitura tem um débito de aproximadamente R$ 9 milhões de reais.

De acordo com informações, a dívida não é recente, vem de administrações anteriores à de Fábio Tayrone, atual prefeito da cidade de Sousa. Ele por sua vez, vem tentando administrá-las sem que haja grandes prejuízos para o município.

As contas rejeitadas do ex-prefeito de Sousa, Salomão Gadelha poderão ser analisadas pela Câmara Municipal na próxima sexta-feira, última sessão ordinária do segundo período legislativo de 2010.

O presidente de uma das comissões do Legislativo e também vereador Francisco Veras Pinto, (Dedé Veras) deu parecer favorável à decisão unânime do Tribunal de Contas do Estado (TCE), de reprovar os balancetes da gestão de Salomão no exercício financeiro de 2008.

O ex-prefeito Salomão Gadelha foi condenado a devolver mais de R$ 4 milhões aos cofres públicos daquele município, sob a acusação de má utilização do dinheiro público.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.