Câmara de Campina Grande fará sessão especial em homenagem à imprensa

A Câmara Municipal de Campina Grande vai realizar sessão especial na próxima terça-feira, dia 2 de junho, às 10 horas, para comemorar o Dia da Imprensa, o aniversário dos 29 anos da Associação Campinense de Imprensa (ACI) e a posse da nova diretoria da entidade, presidida pelo jornalista Antonio Nunes. O evento atende a propositura da vereadora Daniella Ribeiro, aprovada por unanimidade

 Na mesma data será lançado o livro “Parem as Máquinas”, de autoria do jornalista Apolinário Pimentel. O jornalista Cidoval Morais será o palestrante da solenidade.

Segundo Daniella Ribeiro, o Dia da Imprensa foi instituído através da Lei nº 9.831/1999 sendo comemorado oficialmente em todo o País em 1º de junho de cada ano. O projeto foi de autoria do então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, e aprovado pelo Congresso Nacional. A data já foi festejada em 10 de setembro em homenagem a data em que circulou em 1808, a Gazeta do Rio de Janeiro, um periódico oficial que servia à Corte. Até esse ano, eram proibidas a circulação e a impressão de qualquer tipo de jornal ou livro. Porém, havia um jornal que, antes da criação da Gazeta do Rio de Janeiro, circulava clandestinamente: era o Correio Brasiliense, produzido pelo jornalista gaúcho Hipólito José da Costa Pereira Furtada de Mendonça.

Daniella Ribeiro informa que a sessão também marca o lançamento do livro “Parem as Máquinas” escrito pelo jornalista Apolinário Pimentel, que atuou em praticamente todos os veículos de comunicação escritos de Campina Grande. O livro reproduz dezenas de entrevistas feitas com políticos, empresários e artistas. Cerca de 50 fotografias ilustram a obra, que serve de resgate da história dos últimos 20 anos e pode servir também de pesquisa para estudantes de jornalismo no futuro.

Apolinário iniciou profissão no jornal Gazeta do Sertão, lá ocupou os cargos de chefe de reportagem e editor chefe, atuando em todas as áreas (cultura, esporte, policial, cidade e política). Já trabalhou no Jornal da Paraíba (nas editorias de cidade, policial e política) e mais recentemente no jornal Diário da Borborema, onde editou as páginas de cultura e política, e foi repórter de cidade e policial.

 
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.