Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Câmara Criminal estabelece pena de 15 anos a homem que matou a própria irmã

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Por decisão unânime, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba reduziu a pena de um condenado por homicídio duplamente qualificado, praticado na comarca de Belém. Em sessão realizada na manhã desta terça-feira (28) e com a relatoria do desembargador Nilo Luiz Ramalho Vieira, o Colegiado, ao julgar uma apelação criminal ajuizada por Severino Alves de Sousa, também conhecido por “Sales”, baixou sua pena de 19 para 15 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, pelo fato do apelante ter matado sua própria irmã.

Segundo a denúncia, o crime aconteceu no dia 9 de novembro de 2006, por volta das 14h30. A vítima, R.A.S, de apenas 14 anos, recebeu dois disparos de arma de fogo na cabeça pelo condenado, que confessou o assassinato. O homicídio ocorreu quando a vítima assistia televisão e, de acordo com informações do processo, sem motivo aparente.

Ao justificar seu voto, o relator considerou exacerbada a pena base, inicialmente aplicada em 19 anos, levando em consideração que o réu foi condenado como incurso no artigo 121, §  2º, inciso II e IV, do Código Penal, onde estabelece uma pena mínima de 12 anos e uma máxima de 30, em casos como este. Por outro lado, e atendendo às disposições ao artigo 59 do mesmo Código, foram consideradas a condições favoráveis ao réu, sua conduta social, primariedade e confissão do crime.

Contudo, também foram avaliadas como desfavoráveis ao réu a culpabilidade, motivos do crime e o  fato da vítima ter sido sua irmã. “Analisando a sentença atacada, verifiquei que houve exacerbação da pena inicialmente aplicada e  reduzo a condenaçã;o para 15 anos, com destaque para minorante da confissão e a agravante do apelante ter assassinado a própria irmã”, argumentou o relator. Tanto para minorante, quanto para a agravante o desembargador Nilo Ramalho estipulou um ano.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Anteriores

Karla Pimentel

Prefeita de Conde homologa concurso público

lucassegfuranca

São João de Campina Grande tem monitoramento por drones, ‘supercâmera’ e identificação facial

joao-pessoa-trem-cbtu-cabedelo-santa-rita-divulgacao

Trens urbanos param no feriado de Corpus Christi

WhatsApp Image 2024-05-29 at 17.24.13

Prêmio APCA homenageia Cláudia Carvalho, editora do Parlamento PB

Pesquisa-oculos-2

Procon-JP registra variação de mais de 71% no preço de óculos de sol em nova pesquisa

Comercio-Foto-Divulgacao-Secom-PB-2

Saiba o que abre e fecha em João Pessoa no feriado de Corpus Christi

noname

Campanha Eleitoral: advogado fala sobre uso de Inteligência Artificial e pedido de votos

IMAGEM_NOTA_CIDADA_MAIO_2024_1_OK

Nota Cidadã divulga os ganhadores do mês de maio

WhatsApp-Image-2024-01-19-at-10.42.22

Linhas de ônibus funcionarão nesta quinta e sexta, dias 30 e 31, com frota dos dias de sábado

Médicos Processo seletivo emergencial

Juíza condena Prefeitura de Bayeux a indenizar médica inocentada pelo CRM