Câmara aprova suplementação e impede atraso no pagamento de servidores de Sapé

Fim do impasse. A Câmara Municipal de Sapé aprovou na manhã desta quinta-feira (30) o projeto de lei do Executivo autorizando a suplementação orçamentária. Sem a votação os servidores da Prefeitura de Sapé corriam o risco de ficar sem receber o salário, segundo o prefeito Major Sidnei, que tem minoria na Câmara.

O presidente da Câmara, vereador Abraão Júnior, disse que o processo de votação seguiu todos os tramites legais e não teve atraso na Casa.

“A Câmara também se preocupa com qualquer tipo de atraso de salários que possa acontecer e deu toda a celeridade que poderia dar. Se olhar os trâmites da lei aqui na Casa, nós não tivemos um único dia de atraso no projeto. Infelizmente o projeto inicial detinha problemas e precisava de correções por parte do executivo, inclusive para dar mais celeridade”, disse ao ParlamentoPB o vereador Abraão Júnior.

“Infelizmente, por manobras e artimanha estranhas à Câmara, o projeto não pode ser mais célere, mas com a intervenção nossa e do Ministério Público de Sapé o projeto foi votado e aprovado ainda dentro do mês, o que poderá fazer com que a prefeitura não fique inadimplente com suas obrigações com os servidores. O diálogo venceu a truculência”, declarou o parlamentar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.