Câmara adia decisão sobre Mesa e diz que prefeitura está acéfala

A Câmara Municipal de Cabedelo adiou a decisão sobre a nova composição da Mesa Diretora da casa. O presidente da Câmara, Lúcio José Nascimento, e a vice-presidente e esposa de Leto Viana, Jaqueline Monteiro França, foram presos hoje pela Polícia Federal na Operação Xeque-Mate. Além deles dois, outros vereadores foram presos e outros foram afastados dos cargos.

O vereador José Eudes, em entrevista exclusiva ao ParlamentoPB, afirmou que até esta quarta-feira (4) a Câmara irá empossar os novos vereadores e realizará a eleição da nova Mesa Diretora da Casa.

José Eudes rebateu as declarações prestadas pela Prefeitura de Cabedelo que, em nota divulgada no início da tarde de hoje, disse que a prefeitura estava bem, garantindo o pleno funcionamento da máquina pública, sem prejuízo à população.

“Na realidade não estava bem, porque se estivesse bem o prefeito não estava preso. A Prefeitura, mais uma vez, usou de má-fé. Não tem nada bem”, disse José Eudes.

Segundo ele, o município está acéfalo, porém, afirmou, esta situação vai acabar até esta quarta.

“Amanhã, assim que fizer a composição da Mesa, o prefeito empossado vai passar a administrar a cidade. Não tem nada normal em Cabedelo. Está tudo anormal”, enfatizou.

Comentários