Calvário: Tibério chama Bosquinho e Carlão de paladinos da moralidade

Nesta quarta-feira, 9, por causa da quinta fase da Operação Calvário deflagrada pela manhã, houve uma discussão acalorada na Câmara de João Pessoa. Carlão da Consolação foi à tribuna e disse que o povo paraibano estava aliviado por perceber que as investigações de desvios de recursos a partir da Cruz Vermelha continuam acontecendo. Na sequência, Bosquinho parabenizou o colega e elogiou a coragem dele de levar o tema a público.

Por sua vez, Tibério Limeira (PSB), chamou os dois de “paladinos da moralidade”, divulgou um áudio mostrando uma conversa entre o prefeito Luciano Cartaxo (PV) e o secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, em que seriam tratadas aparentes irregularidades e desafiou ambos a defenderem a investigação no âmbito da gestão municipal:

“Queria sugerir a Bosquinho e Carlão, paladinos da moralidade, pedirem ao Ministério Público para investigar as gravações de Adalberto Fulgêncio e do prefeito. Se é para se posicionar, vamos fazer isso em relação a tudo. Quer abrir a caixa preta? Vamos abrir os bastidores totais e falaremos de absolutamente tudo. Quero ver Carlão ir à tribuna pedir a investigação do prefeito e do secretário. Ele não tem coragem!”, disse Tibério.

Na presidência dos trabalhos, Dinho repreendeu Tibério e disse que o áudio veiculado por ele foi obtido de maneira ilegal e acrescentou que o próprio prefeito Luciano Cartaxo pediu que o caso fosse investigado: “Não entendi porque o vereador Tibério fez essa abordagem tão forte quando os dois colegas apenas falaram sobre um fato que foi a nova fase da Operação Calvário”, comentou Dinho.

Calvário: Tibério chama Bosquinho e Carlão de paladinos da moralidade

1 comentário

  • Zildenir Brasil
    11:09

    Tem que invertiga todos as obras da Lagoa

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.