Caio Roberto confirma autuação, mas nega embriaguez

O deputado estadual Caio Roberto (PR) encaminhou uma nota ao Parlamentopb para comentar sua autuação em blitz da Lei Seca ocorrida à 0h45 de hoje. 
 
Nota de esclarecimento
 
"Durante o dia anterior, o parlamentar teve um dia normal, com todas as suas atividades corriqueiras. Durante o almoço se confraternizou com uns amigos e tomou 3 doses de whisky. Logo após essa confraternização, na parte da tarde foi à academia, como de costume, fez a ingestão de termogênico e de suplementos e fez seus exercícios. Durante o período da noite o deputado foi ao encontro de um amigo que acabara de chegar de São Paulo onde apenas jantaram, não havendo nenhuma ingestão de álcool e na volta foi parado na blitz da Lei Seca.
 
O deputado esclarece que por se considerar apto a dirigir tomou a iniciativa, tanto que parou na Blitz e fez o teste do bafômetro, atestando que não se encontrava com sintomas de embriagues, como disseram alguns meios de comunicação. Caio ainda esclarece que se estivesse com esses “sintomas de embriaguez” poderia ter se recusado a fazer o bafômetro, coisa que a lei assegura, mas não o fez, pois estava em plenas condições de dirigir, e o teor detectado foi de 0,26 de alcoolemia, não apresentando nenhuma influência em seus reflexos.
 
O deputado vem reafirmar que está consciente de seus atos e que a verdade tenha sido restabelecida. Agradece o apoio dos familiares e amigos que se solidarizaram com ele e conhecem a sua conduta de vida, sempre baseada nos princípios e nas leis".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.