Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Cai a ficha de Nilvan, Gilberto e Wallber

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Por alguma estranha razão, o trio bolsonarista formado pelos deputados Cabo Gilberto e Walber Virgolino e pelo radialista Nilvan Ferreira ainda achava que poderia convencer o PL a abandonar a pré-candidatura do ex-ministro Marcelo Queiroga e encampar a do comunicador.

Somente esta semana, com uma entrevista concedida pelo presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto é que eles entenderam que o assunto já está decidido e não espaço para recuo. Valdemar garantiu que o martelo já foi batido pela sigla e com a concordância do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Cá para nós, nem precisava confirmar. Bolsonaro foi quem anunciou a pré-candidatura de Queiroga em julho. Pouco tempo depois, a ex-primeira dama Michelle Bolsonaro esteve em Cabedelo para um evento do PL Mulher ao lado de Marcelo e Simone Queiroga e só falou com Nilvan, Walber e Gilberto porque eles foram ao aeroporto recebê-la. No evento, nenhum deles apareceu.

As inserções partidárias do PL também foram totalmente dedicadas a Queiroga e à família de Wellington Roberto.

Precisava dizer mais? Para mim, a situação é claríssima, embora não muito lógica.

O PL de Bolsonaro dá carta branca para Wellington Roberto e avaliza a candidatura de Marcelo Queiroga.

Vamos fazer um exercício de memória agora. O candidato do partido ao Senado em 2022, mesmo aparecendo o tempo todo ao lado de Jair no horário eleitoral e nas redes sociais, amargou o quinto lugar na votação, perdendo para o pastor Sérgio Queiroz, com quem rivalizou pelo papel de representar o bolsonarismo no Estado.

Se fosse pensar em potencial eleitoral, Bolsonaro ao menos ouviria Nilvan Ferreira, que foi o candidato mais votado para Governador em João Pessoa. Se quisesse mesmo unir o partido como disse, teria chamado os descontentes para conversar e tentaria formar uma chapa consensual. Provavelmente não conseguiria porque nenhum dos nomes quer ser segunda voz nessa dupla sertaneja.

Resultado é que Nilvan vai sair do PL e provavelmente será candidato a prefeito pelo União Brasil, gerando um racha e a consequente divisão de votos no núcleo bolsonarista que terá dois candidatos.

Quem agradece é Cícero Lucena que não precisou mover uma palha e viu um de seus principais adversários, Nilvan, prejudicado pelo próprio partido.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

Gabinete de guerra de Israel se reúne FOTO Ariel Hermoni_Ministério da Defesa de Israel

Gabinete de guerra de Israel se reúne para discutir reféns em Gaza

pedreiro construcao civil FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 407 vagas de emprego em 11 municípios paraibanos

sergio queiroz partido novo 2024

Sérgio Queiroz anuncia, nesta segunda, decisão sobre pré-candidatura nas Eleições 2024

bolsonaro ato rio de janeiro 210424 FOTO fernando frazao agencia brasil

Bolsonaro e aliados fazem ato político no Rio de Janeiro

Polícia interrompe briga de facções em Santa Rita e prende suspeitos com armas

Polícia interrompe briga de facções em Santa Rita e prende suspeitos com armas

dioxido de cloro

Senacon notifica sites de e-commerce por venda de dióxido de cloro

caapora pb

Aposta de Caaporã leva prêmio de R$ 40,5 mil na Mega-Sena

laboratorio exame medicina FOTO Pixabay_

Brasil confirma caso autóctone de cólera em Salvador

chuva agua FOTO Pixabay

Paraíba tem alertas de chuvas intensas até a segunda-feira

mega sena FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Apostador do Rio de Janeiro acerta sozinho a Mega-Sena