Cabo se mata na frente da Rotam em Manaíra

O Cabo Cruz, de 41 anos, foi encontrado morto hoje de manhã quando saía do serviço na Companhia de Polícia da ROTAM, na Praça Chateaubriand Arnaud, 398, no bairro de Manaíra. Cruz estava dentro de seu automóvel, um Celta, e apresentava um sinal de disparo de arma de fogo na cabeça. A arma estava ao lado do corpo.

A morte do policial chocou os colegas da Rotam porque ele havia trabalhado ontem à noite e, segundo disseram, não apresentava sinais de depressão, irritabilidade ou outro problema de natureza psicológica. Por isso, a hipótese de acidente deve ser analisada pela perícia, que já chegou ao local, junto com o delegado.
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.