Bruno recorre ao BB para confirmar que servidor fantasma não existe

O vereador Bruno Farias (PPS), líder do prefeito na Câmara Municipal, quis hoje por uma pá de cal na denúncia feita pelo colega João Almeida (PMDB) a respeito da suposta existência de um servidor fantasma na estrutura da prefeitura da capital paraibana. O parlamentar conseguiu que o Banco do Brasil emitisse uma declaração sobre a movimentação da conta do servidor estadual Antônio Alencar Diniz Filho, citado por João como incluído na folha da prefeitura sem que ele soubesse ou que tivesse prestado qualquer serviço à administração municipal.

De posse do ofício do Banco do Brasil, Bruno rebateu a informação, que já havia sido divulgada ontem por Benilton Lucena (PT) e Zezinho Botafogo (PSB) de que Antônio não fazia parte do quadro de pessoal da Prefeitura:

– Veio essa denúncia e a secretaria de Administração divulgou que o nome desse cidadão não consta na lista de servidores seja efetivos ou cargos comissionados da prefeitura e, como se não bastasse, trouxemos uma declaração do Banco do Brasil informando que na conta desse cidadão não existem créditos oriundos da Prefeitura de João Pessoa. É o próprio banco, responsável pelo pagamento do pessoal da Prefeitura, que diz que não existe nenhum crédito da prefeitura na conta do cidadão. A dúvida está dirimida e a mentira tem pernas curtas.

Contrariado, o vereador João Almeida admitiu que pode ter errado na queixa apresentada:

– Pode ter sido um grande erro. Tomara que tenha sido, mas quem vai dizer isso não sou eu e nem isso será feito no grito, dizendo que o vereador João Almeida mentiu ou denunciou irresponsavelmente. Eu não estou denunciando nada, mas pedindo que se forme uma comissão para apurar esses fatos.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.