Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

‘Brigada Sanitária’ em João Pessoa inicia mutirão de combate ao coronavírus, dengue, zika e chikungunya

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Uma ação educativa intitulada de ‘Brigada Sanitária’ fará diagnóstico, busca ativa e também de tratamento da covid-19, síndromes gripais, dengue, zika e chikungunya, em João Pessoa. A ação começa nesta segunda-feira (13), das 8h às 12h, no bairro de Mangabeira IV.

A ação terá a participação de aproximadamente 80 profissionais da Prefeitura de João Pessoa que farão um mutirão, de porta em porta, pelas ruas do bairro para aplicar questionários e verificar a situação de saúde dos moradores. Casos suspeitos de covid-19 serão encaminhados à USF de referência da região para testagem e focos de Aedes aegypti serão combatidos com larvicidas.

A Brigada Sanitária terá início pelo bairro de Mangabeira IV, tendo como referência a Unidade de Saúde da Família Nova Esperança, que atende uma população de 14 mil pessoas. A ação avançará pelo bairro mais populoso da cidade e seguirá em direção aos que contam com maior número de casos de covid-19 e que tenham menor índice de isolamento social. Seguindo protocolo do Ministério da Saúde, por causa da pandemia do novo coronavírus, os profissionais só entrarão nas casas em que haja focos de Aedes aegypti.

Os profissionais estarão divididos em 40 equipes. Participam agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, profissionais da Atenção Básica e da Vigilância Ambiental e Zoonoses da Prefeitura de João Pessoa. De dois em dois, eles visitarão as casas de uma mesma rua de uma só vez para, em seguida, irem passando para as demais ruas.

Na ação, serão aplicados questionários para identificar pessoas com sintomas gripais ou comorbidades, ou seja, pessoas que sejam hipertensas, diabéticas, obesas, ou que tenham problemas cardíacos, que são pessoas que, se contaminadas com o coronavírus, têm a propensão de ter maior agravo e evolução da doença. Os agentes de vigilância ambiental, desde que autorizados pelos moradores, entrarão nas casas para buscar possíveis focos do Aedes aegypti, que serão combatidos com aplicação de larvicidas.

Casos suspeitos de covid-19

As pessoas que forem identificadas com alguma comorbidade passarão a ser monitoradas. As que tiverem sintomas gripais ou algum agravo, como dispneia (falta de ar) serão encaminhadas para a Unidade de Saúde da Família (USF) de referência para consulta, prescrição de medicamentos, se necessário, e para fazer o teste do novo coronavírus, conforme protocolo.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

verissinhoaz

Opinião: Vídeo completo não altera “infelicidade” de fala de Verissinho sobre autistas

forummangabeira

Fórum Regional de Mangabeira passa por reformas e adota regime de teletrabalho

bd39780962e9a5c9f1b034003fb21f6e

Convenção para referendar André Coutinho e Camila Holanda em Cabedelo será domingo

chuva

Inmet emite alerta de perigo potencial de vendaval para os 223 municípios da Paraíba

1cdfa7ea-df72-4a1e-b570-434ff0e73d4e

Paraíba firma TAC com MPF-PB e garante segurança jurídica aos investidores do Polo Turístico Cabo Branco

WhatsApp Image 2024-07-16 at 16.03.42 (1)

Greve dos servidores do INSS começa nesta terça

WhatsApp Image 2024-07-16 at 16.04.09

Startup paraibana conquista pódio do Oi Osten Girl Power e conhece Luiza Helena Trajano em SP

WhatsApp Image 2024-07-16 at 16.03.42

Taioba Discos abre sua primeira loja física em João Pessoa nesta quarta

prefeitura-de-joao-pessoa

João Pessoa conquista 1º lugar em Transparência na Região Metropolitana

economia_1609210423_0 (1)

Com demanda interna aquecida, economia cresce 0,3% em maio, diz FGV