Bira apresenta voto de aplauso a Valdênia Lanfranchi

A Câmara Municipal de João Pessoa aprovou requerimento do vereador Bira (PSB) concedendo voto de aplauso à Valdênia Aparecida Paulino Lanfranchi, militante em Direitos Humanos e ouvidora da Polícia Militar da Paraíba. O parlamentar destaca o fato de Valdênia ser a primeira mulher a assumir o cargo de ouvidora e a coragem com que a mesma enfrenta as denúncias, mesmo recebendo ameaças de morte.
 
“Esse é um reconhecimento a pessoas que, acima de tudo, ousam enfrentar com coragem qualquer tipo de irregularidade, e que também fazem enaltecer a função de ouvidor, principalmente quando está ligado a uma instituição publica”, destaca Bira.
 
Há mais de 20 anos como defensora e ativista na área, Valdência Aparecida P. Lanfranchi nasceu e foi criada na Região de Sapopemba, Zona Leste de São Paulo. Diante da violência que presenciava diariamente na região, a militante lutou para mudar a realidade das favelas de Sapopemba, denunciando a violência policial no local.  Ameaçada pela sua coragem, precisou sair do país por duas vezes, sendo a primeira pessoa a entrar no Programa de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos.
 
Ativista na defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes, Valdência Aparecida, na década de 80, criou, juntamente com outros militantes, o Centro de Defesa da Criança e do Adolescente de Sapopemba, com o objetivo de enfrentar a evasão escolar de crianças e adolescente da região e atendê-los em seus direitos fundamentais.
 
A história de Valdência Aparecida P. Lanfranchi se funde com a história da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente – Anced/ Seção DCI.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.