Bira acredita em veto a vereadores que foram “muito ríspidos”

O vereador Ubiratan Pereira, mais conhecido como Bira, que também é secretário geral do PSB da Paraíba, deu sua opinião sobre o processo de reaproximação de alguns vereadores pessoenses com o governo de Luciano Agra (PSB) e declarou que não será possível receber de volta alguns parlamentares. Segundo Bira, haverá veto àqueles que "tiveram postura muito ríspida durante o processo eleitoral". Apesar de não ter citado nomes, não fica difícil perceber que entre os ex-críticos ferrenhos estão Sérgio da SAC e Felipe Leitão, anunciados esta semana como adesões por parte do líder governista, Bruno Farias, que tem se mostrado mais flexível que Bira.

 
– Estamos priorizando a adesão ao projeto político e não apenas um voto a mais ou a menos na Câmara. A impossibilidade da adesão se dá para alguns parlamentares que tiveram uma postura muito ríspida na campanha eleitoral, desconhecendo inclusive projetos que eles mesmo tinham defendido anteriormente. Várias defesas do Governo Municipal foram feitas no tempo de Ricardo Coutinho e alguns parlamentares mudaram do dia para a noite. O grau de crítica que se teve na campanha passada impossibilita a volta. A bancada não espera um, dois ou três votos a mais. Isso não é fundamental para um projeto de longo prazo. Queremos a adesão ao projeto político e não fazer com que circunstancialmente, porque existiu uma derrota no governo do Estado, que parlamentares venham migrar ao projeto do prefeito.
 
Apesar das preocupações de Bira, na semana passada, o líder governista anunciou a adesão de Sérgio da SAC (PRP) e João dos Santos (PR), mas também revelou as conversas com Felipe Leitão (PRP) para que ele faça o caminho de volta.
 
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.